domingo, 16 de março de 2008

11. 114kg - 21 DE MARÇO A 20 DE ABRIL


Ser ariano é tanto motivo de orgulho quanto uma sina. Orgulho porque tudo o que falam de arianos é verdade: somos líderes natos, agimos de maneira impulsiva mesmo, somos guerreiros, somos intensos, somos sinceros (não francos), somos independentes, somos justos. E é uma sina exatamente pelas mesmas coisas. Eu acho engraçado quando alguém pergunta de que signo sou, porque normalmente quando eu digo "sou de áries", a pessoa solta um "ishhhh", ou um "afffffee", ou até mesmo um "Deus me livre...", mas poucos na verdade entendem um ariano, acho que só nós mesmo nos entendemos. Porque, no final, como já fizeram nossa fama, acabamos aos poucos nos deitando na cama do imaginário popular. Mas acreditem, cada motivo de orgulho tem seu outro lado.

Como somos líderes, mas não líderes burocráticos, e sim os que tomam a frente das batalhas, sempre tomamos o primeiro tiro. Arianos são eternos buchas-de-canhão. Mas não caimos fácil, e mesmo tomando o primeiro golpe, nos sentimos felizes por termos protegidos o camarada que vem atrás. Mas que nos fodemos primeiro, é verdade.

Como somos impulsivos, as pessoas acham que agimos sem pensar. Mas não é: é que pensamos e tomamos decisões em uma pequena fração de segundo. E essa decisão, mesmo sendo pensada de maneira rápida, é absoluta: temos certeza da nossa convicção. E quando erramos, assumimos nossos erros com tanta impulsividade quanto tomamos decisões. "Eu errei" ou "eu assumo a culpa" são frases naturais quando realmente erramos, e essa naturalidade assusta e irrita, porque parece que estamos desafiando, tipo "eu errei, e aí?", mas não é; na verdade é "eu errei, eu me desculpo e estou pronto para aceitar uma punição justa." Quantas pessoas aceitam uma punição com naturalidade?

Como somos guerreiros, lutamos até o fim. Quando vencemos, vencemos e comemoramos. Mas quando somos derrotados, o que se vê é uma retirada orgulhosa, de cabeça erguida. Mas vocês não gostariam de ver a real imagem de um ariano derrotado. Não é que ficamos furiosos nem nada, pelo contrário. Como disse, lutamos até o fim, até exaurirmos nossas forças, até o fim da guerra. O que vocês acham que sobra no fim? Assumimos uma postura orgulhosa para proteger vocês dessa visão, pois só nós conseguimos suportá-la. Essa drama permanece interno, até porque temos consciência de, se formos ficar falando ou demostrar o que sentimos, vai ficar parecendo um dramalhão mexicano, e detestamos parecer melodramáticos demais. Temos senso do ridículo, quando é sério. No geral, somos bem palhaços.

Uma outra característica que sempre falam do ariano é o desinteresse repentino por alguma coisa: uma hora viramos as costas e saímos andando, deixando tudo pra trás. Mas o que não falam sobre isso é o seguinte: como somos guerreiros e lutamos até o fim, e quando finalmente algo chega ao fim, o que resta mais a fazer? Já falamos tudo o que tinhamos pra falar, já fizemos tudo o que tinha pra ser feito, tentamos de todas as maneiras, argumentamos, damos soluções. Se não adiantou, o que mais podemos fazer? Fim é fim. E fim.

Somos muito românticos, românticos incorrigíveis, e quando estamos a fim de alguém, deixamos isso bem claro e usamos de todos os argumentos e artimanhas pra conquistar essa pessoa, e às vezes até assusta, pois um encanto pode tomar proporções de uma graaaande paixão. E se for correspondido, vira mesmo, mas se não rola, é porque não tinha que rolar mesmo, certo? E daí largamos de mão, porque, afinal, nem a gente atura ficar enchendo o saco de alguém por muito tempo, ficamos nós mesmos de saco cheio. Algumas dessas pessoas ficam guardadas em nós, por uma série de fatores, e podemos nos apaixonar novamente por elas a qualquer momento de nossas vidas, mas outras ficam só na memória.

Somos tão intensos que eu acho até que arianos não reencarnam, embora eu li dia desses que são os piscianos que estão na última vida. Parece até que temos só uma vida, por isso a vivemos plenamente, porque quando ela chega ao fim, é fim. Amamos demais, festejamos demais, exageramos demais, falamos demais. E quando sofremos vocês acham o que? Que sofremos um pouquinho? Pois prestem atenção: quando sofremos, sofremos MUITO. Quando dói, dói MUITO. Quando choramos, choramos MUITO, até cansar. É que a gente não mostra por conta do dramalhão que eu falei lá em cima. E quando você liga pra um ariano que você sabe que tá mal, pra dar uma força e tal, e ele responde que "ahh, tô naquelas, meio mal ainda mas vai passar", pode ter certeza que estamos TÃO NA MERDA que não queremos nem ficar falando. Tudo em nós é potencializado, somos eternos adolescentes, e quando algo de ruim nos acontece, quando ficamos solitários, tristes, deprimidos, furiosos ou nos sentimos fracassados, tudo isso vem MUITO. Tanto que nem a gente mesmo aguenta, daí rapidinho damos um jeito de nos livrarmos disso.

Podemos até perdoar traição de relacionamentos afetivos, mas traição de amizade é o PIOR tipo de traição que podem cometer contra a gente, por isso é que somos seletivos com as amizades, pois somos leais. E quando odiamos, não é ódio, é pior, pois quando há ódio, ainda há sentimento. Nós simplesmente apagamos da memória. Amamos demais, mas não odiamos demais: a indiferença é o ódio do ariano.

Como somos sinceros, não conseguimos controlar isso. Até tentamos rodear, procuramos não magoar, afinal não somos francos, pois a fanqueza machuca, e a sinceridade não. Podemos dizer "palavras duras com voz de veludo", como diz a música, mas cinco minutos depois pensamos "catzo, não deveria ter dito assim..." mas já foi, bola pra frente. Mas isso vale também quando soltamos um elogio, o que é bom, afinal, é verdadeiro.

Somos independentes, e tanta independência, uma hora, se transforma um pouco em solidão. Arianos vivem se sentindo meio solitários, afinal não somos fáceis e por isso ninguém atura muito. Temos consciência disso e procuramos nos bastar, mas chega uma hora que cansa. Então nos tornamos melancólicos, um tanto fechados, um tanto introspectivos. Mas logo passa, e recomeçamos o ciclo. E como é um ciclo, daqui a pouco estamos nos sentindo solitários novamente. E assim vai.

Áries é regido por Marte, o planeta vermelho, o deus da guerra, e daí vem o gosto pela cor vermelha e por uma boa briga. E brigar com ariano é sempre uma boa briga, porque como somos justos, nunca batemos em um oponente caido, e ao contrário do que pensam, não usamos de meios torpes para conseguir o que queremos. Só lutamos com muita intensidade e não desistimos fácil. Mas quando desistimos, desistimos.

E quanto a essa tatuagem aí que vocês estão vendo na minha perna, foi o seguinte: sai de casa pra comprar UM livro e UMA luminária pro meu quarto novo na casa nova (vou falar sobre isso mais tarde). Acabei comprando 3 livros, 3 camisetas, 2 chocolates diets (o plano segue conforme o combinado), e fiz essa tattoo. E como disse, sofri MUITO quando chequei o saldo da minha conta na segunda. E a luminária? Que nada, luz de velas é bem mais romântico. Sabe como é, coisa de ariano...

••••••••••••••••••••

Foto: Auto retrato, tocando What's Going On, do Marvin Gaye, no baixo. Tá foda pra tirar essa música.

Ahhh, e parabéns pra Paula Cravo e pro Claudião (dia 26), pra Thalita Froes (dia 27, junto comigo), pro Rodrigo Brizzi e pra Juliana Reis (dia 28), pro Reinaldo Carioca (dia 11 de Abril) e pra todo mundo que eu me esqueci.

11 comentários:

Lexotânica disse...

Pra quem saiu com os objetivos acima citados, a tatoo ficou ótima!

E relaxa, daqui a pouco sua conta corrente voltará ao normal, afinal, arianos gostam de vermelho mas lutam até o fim para sair dele no banco.

Anônimo disse...

Vc é uma ariano nato! Ficou linda a sua tatoo.
Vc nasceu pra fazer coisas grandes, vc já é grande tanto fisicamente como ser humano, a sua força, determinação e coragem é uma coisa MUITO impressionante! Espero que vc seja muito feliz nas tuas realizações, pois com certeza é sucesso garantido.
Foi um grande prazer te conhecer, vai ficar guardado no coração sempre!
beijo

pat disse...

vixxxxxxxxxxxxxi...affffffffffffffff..aaaaaaaaaaarg...iiiiiiiiiii....issssssssssssssssssssssshhhh....hhhhhhhhhhhaaaaaa


rsrsrrsrs
:)

Gilberto C. Barros - Diretor de Arte disse...

AEEE, primeira tattoo TIM?

Luiz "TIM" Ernani disse...

YEAHHH, primeira de uma série de sei lá quantas!!

Anônimo disse...

Bonitoooooooooo, nossa, e eu que sou peixes com ascendente em áries??? Vixe, sinto que a cada ano que passa, segundo os astrológos, eu sou mais aries que peixes!!!! Se ser aries ja é punk, imagine ser peixes com ascendente em aries.. socorro!!! Sou tudo isso e mais a coisa pisciana emotiva de ser!!!rsrs

LINDA TATOOOOOOOO QUERIDAO!!!
ahh, te respondi no seu hotmail!!!
bjaoooooo
Cynthia

Anônimo disse...

first of all, tks pelos parabéns, segundo: SOMOS FODA PRA CARALEO!
kkkk que beleza, uma menina falando assim...OH!!! FODA-SE! Somos intensos, somos os primeiros, líderes...e concordo com everything that you said!

Obrigada por me entender Sr.Tim

e Desculpa pelo jeito que me expresso as vezes...sei que é uma facada, mas é meu jeito Pô!

Parabens pra nós

bjs Xu

Rodrigo Brizzi disse...

Fala Tim!
Bela definição do nosso signo!

Valeu pelos parabéns!

Loh disse...

Nossa adorei o texto!
Nunca vi ninguém descrever algo tão real, simples e detelhado ao mesmo tempo, sobre arianos!
Acho que esse texto me fez rir mentalmente mais ainda sobre os affs, xiiiis e coisas do tipo quando revelo o signo, q pioram quando digo q é o ascendente é o mesmo!

Enfim! Tá de parabéns pelo texto e pela tattoo!

Bjs

Sweet Toxicant disse...

Olá! Cheguei ao seu blog por acaso, pois estava procurando por fotos de tattoos com o símbolo de áries, já que é a próxima que eu quero fazer (eu já tenho o OM e irei fazer uma flor de Lotus.. depois disso, o símbolo de áries.. hehe) e aí caí aqui de paraquedas (já obedecendo a nova ortografia rs) e AMEI o seu texto!! A definição perfeita dos arianos, eu me identifiquei com praticamente tudo!
Parabéns pelo texto e pela tatoo!

A propósito, quando eu fiz a minha tattoo do OM foi numa impulsividade parecida com a sua... já sabia o que queria tatuar e onde e qual o estúdio, só me faltava a grana.. Na véspera do meu aniversário eu tinha a grana, liguei no estúdio, perguntei se tinha horário para as 18h, confirmaram, eu fui e fiz. Nem sabia quem seria o tatuador, não conhecia os traços dele, nem nada.. mas ficou ótima! Deu muito certo!

Anônimo disse...

Olá, gostei do blog!