quarta-feira, 2 de janeiro de 2008

1. 130kg - ANO SABÁTICO


“A partir de hoje não fumo, não bebo, não como carne e não tomo mais banho quente.” Li isso em junho de 2006 na revista Trip - que eu compro todo mês há uns 10 anos -, em um especial sobre o sono. A frase acima foi dita por Cristovão de Oliveira quando completou 22 anos de idade. Hoje, aos 42/43 anos, Cristovão é um dos mais renomados mestres de ioga do país, e cumpriu à risca o que disse aos 22. Em primeiro lugar, o que me deixou encucado foi com o lance do banho quente. Quer dizer, pra mim, o máximo que consegui pensar foi que, parando de tomar banho quente, ele não ia passar mais perrengue em acampamento ou em uma incursão pelo sertão nordestino ou, sei lá, algum lugar longe pra cacete que não tenha banho quente. Mas parando de tomar banho quente, o cara consegue controlar melhor a temperatura do corpo, e mais uma série de outras coisas, e não passa perrengue em invernos em geral, imagino. Mas a frase toda ficou na minha cabeça, e com o tempo fui pensando em como tem pessoas que conseguem parar com tudo de uma hora pra outra, simplesmente falando “vou parar”. A força de vontade desse povo deve ser foda, e tentei me colocar nesse lugar várias vezes - em pensamento, claro. Porque não tem jeito, eu adoro biritar, petiscar, não fumo e curto muito um banhinho quente com uma eventual – bem eventual mesmo, ultimamente – companhia. Sou um puta dum bom garfo, como pra caramba, adoro antepastos, sair com os amigos pra beber e comer, adoro o rango da minha mãe, quando tô em casa como à beça, não vivo sem sobremesa, ataco coxinhas e esfihas no meio da tarde, junto com uma paçoquinha Amor ou duas, e pior, minha maior vocação é não fazer nada. Embora trabalhe pra caralho, tenha um trampo estressante e goste muito até, minha real vocação é ficar sem fazer nada. Ou seja: exercício zero.

Mas essa porra toda vai mudar. E vai ser esse ano.

Claro, não vai ser como o mano aí de cima, mas a partir de hoje, até 02 de janeiro de 2009, vou levar (reparem, não tô falando que vou tentar), VOU levar uma vida saudável.

* vou parar de beber álcool;

* vou parar com toda junkie food;

* eliminei açúcar do cardápio (adoro doce), vou trocar tudo por frutas;

* não tomo mais refrigerante, só vou tomar suco natural ou light, chá gelado, essas merdas;

* vou fazer mais exercícios (entrar numa academia, ou caminhar no Ibirapuera, comprar uns alteres pra deixar em casa...);

* vou comer muito pouca carne vermelha e frango. Não vou eliminar de vez pq adoro carne, e ainda não é o caso de virar vegan como minha amiga Marina, mas vou parar com os derivados, como salsichas, linguiças, embutidos em geral, como aquele salaminho com limãozinho por cima e uma cervejinha, poats... e frango, bom, não gosto muito, ainda mais aquele frango All Star servido por aí - aquele peito de frango grelhado que parece sola de All Star.

* vou comer direito - eu inverto tudo, sempre: como quase nada no café da manhã, almoço legal e janto beeeeeem legal, como pra cacete a noite.

* vou ir o mínimo pra balada, pq esse lance de balada é sempre uma merda: você vai pra um esquenta com a galera, sempre aparece uma minazinha bacana, você sempre acha que vai pegar a mulé, e das duas, uma:

1: ou você acaba saindo pra balada crente que vai pegar a mulher, não pega porra nenhuma, chapa o côco, volta pra casa zuado, acorda de ressaca e se sentindo um bosta, ou;

2: você vai pra balada, pega a mulher, se acaba com ela a noite toda, volta pra casa alegrão se sentindo o pegador, dorme o dia inteiro e não faz o que tem que ser feito. Claro, tem gente que diz que vai pra balada só pra se divertir. Ã-hã.

* Age Quod Agis - ou seja, Faça o que Fazes, faça o que tem que ser feito, atenha-se ao que importa, seja focado. Eu tenho uma série de projetos que começo e não consigo terminar, por ficar de putaria, só comendo, bebendo, indo pra balada e ficando sem fazer nada, minha real vocação. E claro, trabalhando. Tenho que terminar de escrever meu livro, tenho que terminar um roteiro de longa, tenho que começar uns 5 roteiros de curta, terminar uma série de ilustrações pra montar uma grife de camiseta – é, sim, grife de camiseta mesmo. É, sim, sou mais um publicitário esteriotipado mesmo. É, sim, pau no seu cu.

* me dedicar mais a música, coisa que já to fazendo, desde que comprei um baixolão e iniciei minhas aulas de baixo. Vou parar de ouvir música e procurar tocar música e criar música.

* fazer uma tatuagem. Vivo dizendo que vou fazer uma, e nunca faço.

E por último, razão de toda a treta: perder pelo menos 35 quilos. Chega de ser gordo.

Acabei de ler a biografia do Tim Maia, e as divisões dos capítulos são por logradouro, ano e peso. Resolvi copiar, espero que o Nelson Motta não me processe. O do Tim vai aumentando conforme a gente vai lendo. Os meus, Tim, vão diminuir, juro, vocês serão testemunhas.

Como vai ser isso?

Bico: vou atualizar toda semana o blog, e o cabeçalho vai ser como esse aí de cima: o número do post, o peso e sei lá, algum assunto qualquer. Serão 52 posts, um pra cada semana do ano. Tô assumindo um compromisso público (BUM!), de que vou me comportar esse ano, ficar mais saudável e chegar em 2009 com 90/95 quilos, e me esforçar pra esse projeto não acabar em pizza. Espero que em um ano eu não perca 365 dias. E se eu sair da linha, alguém, por favor, atire a primeira pedra.

Vai que eu viro um mestre iogue como o Cristovão lá de cima, né? A mulherada que pratica ioga é beeeem gostosa.

Abrax!

PS: segue aí o link da matéria com o Cristovão de Oliveira:

http://revistatrip.uol.com.br//146/especial/meditar.htm

4 comentários:

Anônimo disse...

Melhor comprar um capacete, brother. Vai chover pedrada. E todo mundo achando que tá mandando a primeira.
Abs,

Paulo (o 1º a botar no blog do Tim)

Pat disse...

banho frio?? vc está certo disso...sem queijo, sem carne, sem bebida alcoólica, sem balada...blz! Mas banho frio nãoooooo!!??? rsrsrsr

Vanessa disse...

é isso ai, Gordo!
te dou maior força, mas descordo de banho frio e da carne... só nos encontramos em churrasco pô!

Má disse...

Obrigada pela citação!!!! hahaha Mas ainda engulo alguns animais que nadam! hahahaha e como queijo adoidado, mas de verdade estou tentando diminuir os derivados do leite, diz que a gordurinha debaixo da pele seca se vc não ingere lactose, vai saber né, a gente acredita, tenta e de quebra ajuda as tristes vacas. Puts Tim, te dou o maior apoio na tua empreitada. Eu também parei de fumar esse ano (6 dias completos já!), da bebida não abro mão não (até porque eu nem apavoro rs), e o banho quente... bom, esse ano tô começando com o quente e terminando com o gelado. Dizem que é super bom esse contraste pra pele e quem sabe é uma preparação pra no ano que vem encarar os puramente frios, mas eu acho difícil rsrsrs. As caminhadas no parque eu ainda não comecei, mas tá nos planos, me chama? Beijo!!! Má