quarta-feira, 9 de janeiro de 2008

2. 125.5kg - SR. CAXIAS, MUITO PRAZER.


Tô conseguindo na boa ficar sem álcool, sem açucar, sem carne vermelha, comendo só salada e tudo o menos, mas confesso que quando olho em direção a padaria e vejo aquele monte de coxinha me dá um apeeeeerto no coração... e pastel de feira, hein? Até desvio de caminho pra não passar em frente a banca.

Carai, mal comecei o projeto NewTim2009© e já emendei uma balada. Mas foi por uma boa causa: nasceu o filho de um amigo meu e a gente saiu pra comemorar. Fomos parar na Funhouse e, sem sacanagem, fiquei a noite toda na água. Chapei o côco de água. E os caras:
– Cê vai bebê cum nóis!
– Nunvô.
– Vai.
– Nunvô!
– Eu pago!
– No way.
– Uiscão!!
– Numposso.
– Quer o que então?
– Aguinha, aguinha...

Porra, a balança do tiozinho me sacaneou. Fui me pesar hoje, tinha emagrecido quase 5 quilos, quase soltei um rojão! Mas a porcaria da balança tava desregulada, ele disse, e me engordou 2 quilos, então eu escrevi que tava com 130, mas na verdade tava com 128. Pô, parece balança de batateiro, meu! No final, emagreci 2.5 quilos, mas tá valendo, o importante é ir perdendo na manha. Pra me certificar que a balança tava regulada, pesei um pacote de meio quilo de algodão que tinha lá – e deu meio quilo mesmo.

Pra forçar mesmo meu comportamento e fazer o que tem que ser feito, fiz esse Calendário de Obrigações® aí de cima, com as coisas que tenho que fazer em janeiro. Com o tempo vou me impor outras obrigações, mas por enquanto, elas são:

ESTUDAR: tô mandando bala no baixão. A banda que eu mais ouço hoje em dia é a banda Metrônomo, com os hits 60bpm, 80bpm, 100bpm... o bom é que as letras são facinhas de cantar, vê aí:

60bpm

Tá.....................tá.....................tá.....................tá.....................tá. (segue assim por 3 minutos).


80bpm

Tá...........tá...........tá...........tá...........tá...........tá...........tá...........tá. (vai assim por 3 minutos)


210bpm (essa é mais difícil)

Tátátátátátátátátátátátátátátátátátátátátátátátátátátátátátátátátátátá. (mais 3 minutos)

E a pedaleira, hein? Comprei uma pedaleira animal, cheia de efeitos, afinador eletrônico, simulação de vários amplificadores, uns bagúio lôco... no primeiro dia, cheguei em casa empolgadão, abri, liguei, mexi, li o manual, no segundo dia brinquei mais um pouquinho, uma semana depois tava com vontade de vender.

ESCREVER JÃO: Jão é o nome do personagem do meu livro. Comecei a escrever esse livro em 2000, quando tava na Leo Burnett. Escrevi 20 linhas, e guardei. Depois, beeeem depois, lá por 2002/2003, quando tava na Thompson, escrevi de uma taca só 7 capítulos, em 3 dias. Daí guardei de novo, deu uma travada, um branco, não sabia pra onde ir com a história. Segunda resolvi sentar e escrever, no maior medão de não sair nada, e acabou saindo o oitavo capítulo inteiro. E ainda me deu umas novas direções pra história.

ESCREVER LUA: esse é o roteiro de um longa. Tô escrevendo mais pra ver se consigo ir até o fim, particularmente não acho que seria produzido. O Brasil não tem costume de fazer filme do gênero Terror/Suspense, até porque são produções caras. Mas é um filme baseado no folclore brasileiro, pode até dar jogo. Não sei no que vai dar, mas se não estiver terminado, aí é que não dá em nada mesmo.

ESCREVER CURTA: tenho umas cinco idéias na cabeça pra curta metragens, e nunca coloco no papel. Vou escrever todas até o final do mês.

Duvido, mas vou.

3 comentários:

Rodrigo Brizzi disse...

Muito boa a definição da "banda" Metrônomo... rs
E que bom que esteja mantendo o estudo do baixo!

Sobre a pedaleira... ainda preciso fuçar um pouco...

Espero que coloque em prática o calendário... e não esquece do lances das camisetas...

E quanto a ficar sem beber é fácil... veja por mim que não bebo a 25 anos... hehe

Abraços!

Paulo disse...

Como falei no restaurante, tô te vigiando, brôu. Mas pensa bem, tu não tá comendo coxinha, mas pelo menos tá sentindo o gosto do que manda pra dentro.

Abs

Paulo

Ma* Spirandelli disse...

E as andanças no Ibira?