quarta-feira, 30 de janeiro de 2008

5. 119 kg - FINESSE


– Zé... Zé...
– Hmmm...
– Zéééé...Zé.
– Hmmmm...?
– Zé... acorda... por favor...
– Que...? Que foi?
– Acorda...
– Ca, que foi??? Cê tá chorando???
– Zé....
– Que foi, aconteceu alguma coisa?? Alguém morreu??
– Não...
– Se machucou??
– Não...
– Foi um pesadelo??
– Não...
– MeuDeusdocéu, que aconteceu, porque você tá chorando??
– Zé... você me ama?...
– Que...???
– Você me ama??
– Ca... você me acorda chorando, às 3:30 da manhã, pra saber se eu te amo?
– É...
– Uai, peraí. Tem alguma coisa errada. Que depressão é essa?
– É que eu queria ouvir você dizer.
– Não é possível. Cê tá grávida?
– Não...
– Então é depressão pós parto, você já teve um filho, eu nem fiquei sabendo, e agora você tá com essa depressão toda, é isso né?
– Não, claro que não, que absurdo!!!
– De novo: você me acorda chorando, às 3:30 da manhã, pra saber se eu te amo?
– É que eu preciso saber...
– Porra... te amo, mas pode ter certeza que nesse exato momento eu te amo menos.
– Ai, seu grosso, insensível.
– Insensível, eu?? Pô, tô aqui dormindo de boa, sonhando gostosinho, quentinho, e você me acorda chorando, resfolegando, pra perguntar se eu te amo, e eu é que sou o insensível?
– É que eu preciso saber...
– Porra, mas eu te falo todo dia que te amo, te ligo de manhã, te ligo depois do almoço pra saber como você tá, sempre preocupado com você, quer mais prova do que isso?
– É que eu tô deprimida...
– Deprimida por que, porra???
– Eu não sei...
– Como não sabe??
– Eu não sei, ué, depressão dá assim, sem você saber por que!
– Que merda, você fica deprimida e eu que me fodo! Eu te dei algum motivo pra você achar que eu não te amo?
– Não...
– Cê acha que eu tenho uma amante??
– Não...
– ENTÃO POR QUE VOCÊ ACHA QUE EU NÃO TE AMO???
– Ai credo, eu hein, deixa pra lá, só queria ouvir, só isso...
– Só queria ouvir??? Porra, você me acorda chorando, as 3:30 da manhã, com uma puta olheira, olho vermelho, esse cabelo desgrenhado, me dá um susto do caralho, meu coração quase pára, e ainda quer ouvir que eu te amo??? Que jeito???
– Caramba, Zé, eu só queria saber, só isso, não era pra tanto.
– Ahh, não era pra tanto?? O que você iria achar se eu te acordasse as 3:30 da manhã, chorando, desesperado, perguntando se você não pode me dar o cu?

************

Foto: Woody Allen e a morte, "Noivo Neurótico, Noiva Nervosa"

Um comentário:

Pat disse...

era só falar meu!!!! "eu te amoooooo...muito querida!vem cá deita aqui no peito"
de repente depois ela até...rsrsrrsr